MAMUTEFOTO
DSC09070.jpg

A Sombra do Sol

A Sombra do Sol foi realizada em 2017, no agreste e sertão pernambucano, na época a região passava por um período de seca excepcional e não recebia seu ciclo regular de chuva por 6 anos. Historicamente a produção de farinha foi sempre muito presente nesse local e por isso constitui mais do que uma atividade econômica mas, principalmente, um fator de identidade cultural e social para as pessoas que vivem lá. Portanto, esse produto cotidiano e pouco valorizado, adquire enorme importância para a estruturação da vida dos indivíduos e da sociedade local e ao mesmo tempo restringe a "prosperidade" que fica intimamente conectada à percepção de valor da farinha. Esse cenário de pouca chuva, baixa valorização do produto, êxodo rural e surgimento de grandes indústrias em outras regiões do país, tem feito com que aconteça o declínio da produção e a "morte" de muitas casas de farinha e principalmente do conhecimento produtivo associado a elas. O ensaio portanto possui caráter de importância documental histórica diante do possível declínio de uma cultura que faz parte de quem somos enquanto brasileiros.

*Dica: ao clicar nas fotos você entra no modo carrossel, nele, ao passar o mouse sobre as fotos você pode ler um pouco da história por trás das imagens.